Window shopping

Window shopping

Window shopping
O termo, que até então significava apenas “ver vitrines”, evoluiu e hoje significa também fazer comprar mesmo com a loja fechada, por meio de um painel digital. Marca como Kate Spate e Adidas já fizeram experiências nesse sentido. O consumidor efetua a compra e um courier faz a entrega em até uma hora). Fonte: IstoÉ Dinhero, 16 de dezembro de 2015.

[:en]

Confira os termos da quinzena:

Window shopping

Window shopping
O termo, que até então significava apenas “ver vitrines”, evoluiu e hoje significa também fazer comprar mesmo com a loja fechada, por meio de um painel digital. Marca como Kate Spate e Adidas já fizeram experiências nesse sentido. O consumidor efetua a compra e um courier faz a entrega em até uma hora). Fonte: IstoÉ Dinhero, 16 de dezembro de 2015.

Computação cognitiva

Computação cognitiva
O termo significa uma interação mais natural entre os computadores e as pessoas, na qual as máquinas se adaptam às formas como nos comunicamos, extraem conhecimentos de textos, vídeos, sons e imagens, e conseguem pensar de uma forma similar aos seres humanos. Com esse tipo de tecnologia é possível ler todas as interações de uma pessoa nas redes sociais e estabelecer um perfil para analisar fraudes e oferecer portfólios de investimentos e atendimento personalizado. No Brasil, por exemplo, o Bradesco já está usando o supercomputador Watson para aprender a sem comunicar com os seus funcionários e, futuramente, com seus clientes. Fonte: IstoÉ Dinheiro, 16 de dezembro de 2015.

[:es]

Confira os termos da quinzena:

Window shopping

Window shopping
O termo, que até então significava apenas “ver vitrines”, evoluiu e hoje significa também fazer comprar mesmo com a loja fechada, por meio de um painel digital. Marca como Kate Spate e Adidas já fizeram experiências nesse sentido. O consumidor efetua a compra e um courier faz a entrega em até uma hora). Fonte: IstoÉ Dinhero, 16 de dezembro de 2015.

Computação cognitiva

Computação cognitiva
O termo significa uma interação mais natural entre os computadores e as pessoas, na qual as máquinas se adaptam às formas como nos comunicamos, extraem conhecimentos de textos, vídeos, sons e imagens, e conseguem pensar de uma forma similar aos seres humanos. Com esse tipo de tecnologia é possível ler todas as interações de uma pessoa nas redes sociais e estabelecer um perfil para analisar fraudes e oferecer portfólios de investimentos e atendimento personalizado. No Brasil, por exemplo, o Bradesco já está usando o supercomputador Watson para aprender a sem comunicar com os seus funcionários e, futuramente, com seus clientes. Fonte: IstoÉ Dinheiro, 16 de dezembro de 2015.

[:]

Korn Traduções

Korn Traduções

Agilidade, Segurança e Qualidade. CONHEÇA NOSSO PROCESSO Anexe seus documentos e escolha o tipo de serviço que deseja.

Este site usa cookies para garantir que você obtenha a melhor experiência em nosso site.