Início » Blog de Tradução » Língua Portuguesa » A língua portuguesa e suas variações

A língua portuguesa e suas variações

Particularidades da língua portuguesa

A língua portuguesa é considerada complexa, principalmente pelas particularidades e exceções existentes na gramática.

Há, também, a questão da pronúncia. Cada região do país possui um sotaque próprio, tornando a fala de um mesmo idioma bastante característica do local.  Assim, seguindo as particularidades de cada sotaque, uma mesma palavra pode ser pronunciada com entonações distintas, sendo considerada sempre correta.

A diferença entre o português culto e o português coloquial

Além disso, existe o que chamamos de português culto e português coloquial. O primeiro é aquele utilizado em textos no geral, como livros, artigos, trabalhos escolares, documentos, e-mails profissionais, entre outros. No que diz respeito à oralidade, o português culto não é comumente utilizado, mas pode ser necessário em situações extremamente formais, como por juízes e advogados em tribunais ou por políticos em programas eleitorais.

O segundo é utilizado em situações informais, uma vez que necessita de espontaneidade, sendo permitidas abreviações e gírias. É o português utilizado oralmente, mas, com os atuais aplicativos de mensagem e messenger de redes sociais, tem sido bastante utilizado na escrita, durante conversas entre amigos e conhecidos.

Abaixo, damos alguns exemplos de diferenças entre o português coloquial e culto. Veja:

Lingua_portuguesa_Português-coloquial-e-português-culto
Na língua portuguesa, o português coloquial é o mais utilizado oralmente, enquanto o português culto prevalece na escrita.

Vale ressaltar que, no português coloquial, não há flexibilidade para erros ortográficos, sendo permitida, apenas, a utilização do idioma de uma maneira mais descontraída, já que o jeito que se escreve é extremamente relevante na interpretação da mensagem – e utilizar a norma culta em situações informais pode passar uma sensação de seriedade incoerente ao contexto.

No âmbito da tradução, não há regras fixas quanto ao uso do português coloquial, já que o serviço de tradução deve se adaptar ao estilo do texto. Se o texto for informal, a utilização do português coloquial pelo tradutor refletirá essa informalidade. Mas como a Korn Traduções atende diversas solicitações de tradução juramentada, tradução técnica e tradução de trabalhos escolares, o português culto prevalece.  [:en]A língua portuguesa é considerada complexa, principalmente pelas particularidades e exceções existentes na gramática.

Há, também, a questão da pronúncia. Cada região do país possui um sotaque próprio, tornando a fala de um mesmo idioma bastante característica do local.  Assim, seguindo as particularidades de cada sotaque, uma mesma palavra pode ser pronunciada com entonações distintas, sendo considerada sempre correta.

A diferença entre o português culto e o português coloquial

Além disso, existe o que chamamos de português culto e português coloquial. O primeiro é aquele utilizado em textos no geral, como livros, artigos, trabalhos escolares, documentos, e-mails profissionais, entre outros. No que diz respeito à oralidade, o português culto não é comumente utilizado, mas pode ser necessário em situações extremamente formais, como por juízes e advogados em tribunais ou por políticos em programas eleitorais.

O segundo é utilizado em situações informais, uma vez que necessita de espontaneidade, sendo permitidas abreviações e gírias. É o português utilizado oralmente, mas, com os atuais aplicativos de mensagem e messenger de redes sociais, tem sido bastante utilizado na escrita, durante conversas entre amigos e conhecidos.

Abaixo, damos alguns exemplos de diferenças entre o português coloquial e culto. Veja:

Português-coloquial-e-português-culto
Português coloquial é o mais utilizado oralmente, enquanto o português culto prevalece na escrita.

Vale ressaltar que, no português coloquial, não há flexibilidade para erros ortográficos, sendo permitida, apenas, a utilização do idioma de uma maneira mais descontraída, já que o jeito que se escreve é extremamente relevante na interpretação da mensagem – e utilizar a norma culta em situações informais pode passar uma sensação de seriedade incoerente ao contexto.

No âmbito da tradução, não há regras fixas quanto ao uso do português coloquial, já que o serviço de tradução deve se adaptar ao estilo do texto. Se o texto for informal, a utilização do português coloquial pelo tradutor refletirá essa informalidade. Mas como a Korn Traduções atende diversas solicitações de tradução juramentada, tradução técnica e tradução de trabalhos escolares, o português culto prevalece.  [:es]A língua portuguesa é considerada complexa, principalmente pelas particularidades e exceções existentes na gramática.

Há, também, a questão da pronúncia. Cada região do país possui um sotaque próprio, tornando a fala de um mesmo idioma bastante característica do local.  Assim, seguindo as particularidades de cada sotaque, uma mesma palavra pode ser pronunciada com entonações distintas, sendo considerada sempre correta.

A diferença entre o português culto e o português coloquial

Além disso, existe o que chamamos de português culto e português coloquial. O primeiro é aquele utilizado em textos no geral, como livros, artigos, trabalhos escolares, documentos, e-mails profissionais, entre outros. No que diz respeito à oralidade, o português culto não é comumente utilizado, mas pode ser necessário em situações extremamente formais, como por juízes e advogados em tribunais ou por políticos em programas eleitorais.

O segundo é utilizado em situações informais, uma vez que necessita de espontaneidade, sendo permitidas abreviações e gírias. É o português utilizado oralmente, mas, com os atuais aplicativos de mensagem e messenger de redes sociais, tem sido bastante utilizado na escrita, durante conversas entre amigos e conhecidos.

Abaixo, damos alguns exemplos de diferenças entre o português coloquial e culto. Veja:

Português-coloquial-e-português-culto
Português coloquial é o mais utilizado oralmente, enquanto o português culto prevalece na escrita.

Vale ressaltar que, no português coloquial, não há flexibilidade para erros ortográficos, sendo permitida, apenas, a utilização do idioma de uma maneira mais descontraída, já que o jeito que se escreve é extremamente relevante na interpretação da mensagem – e utilizar a norma culta em situações informais pode passar uma sensação de seriedade incoerente ao contexto.

No âmbito da tradução, não há regras fixas quanto ao uso do português coloquial, já que o serviço de tradução deve se adaptar ao estilo do texto. Se o texto for informal, a utilização do português coloquial pelo tradutor refletirá essa informalidade. Mas como a Korn Traduções atende diversas solicitações de tradução juramentada, tradução técnica e tradução de trabalhos escolares, o português culto prevalece.  [:]

Korn Traduções

Korn Traduções

Agilidade, Segurança e Qualidade. CONHEÇA NOSSO PROCESSO Anexe seus documentos e escolha o tipo de serviço que deseja.

Este site usa cookies para garantir que você obtenha a melhor experiência em nosso site.