Língua, idioma e dialeto - conheça os significados desses termos

BLOG DE TRADUÇÃO

Língua, idioma e dialeto – conheça os corretos significados desses termos

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

Língua, idioma e dialeto: conheça as diferenças

Você já ouviu falar em língua, idioma e dialeto? Provavelmente, sim.

Embora sejam, muitas vezes, utilizadas como sinônimas, essas três palavras possuem significados distintos, sendo importante conhecê-los.

Leia, abaixo, as principais diferenças entre os termos:

Língua

A língua é abrangente e pode ser entendida como uma ferramenta que permite o contato entre duas ou mais pessoas. É a partir da língua que se torna possível estabelecer uma comunicação. Além disso, é carregada de regras e valores culturais, que a homogeneízam e permitem o entendimento das mensagens trocadas.

 Idioma

Uma língua se torna idioma quando passa a ser falada, oficialmente, em determinado país, sendo utilizada para identificar uma nação. Entende-se, então, que para uma língua ser reconhecida como idioma, ela deve estar relacionada à existência de um Estado Político. O português é uma língua e é, também, um idioma, já que é oficial no Brasil, Portugal, Angola, entre outros países. É possível que um mesmo país tenha duas línguas consideradas idiomas, como é o caso do Canadá, onde, oficialmente, fala-se inglês e francês. Por outro lado, pode acontecer de uma língua ser falada em algumas regiões de determinado país, mas, por não ser reconhecida como oficial, não é considerada idioma. Como exemplo, podemos citar o basco, língua falada em partes da França e da Espanha.

 Dialeto

É considerado dialeto quando surgem significativas diferenças regionais em um mesmo idioma. Por exemplo, em diversas regiões do Brasil há particularidades no português que brasileiros de outras regiões podem desconhecer. É o que chamamos de variações linguísticas. Assim, de um mesmo idioma, podem surgir diversos dialetos.

Língua, idioma e dialeto
Língua, idioma e dialeto – embora sejam usadas como sinônimos, essas palavras possuem significados distintos.

E será que existe serviço de tradução para línguas que não são consideradas idiomas?

A tradução juramentada é requisitada por órgãos públicos, portanto, deve ser feita sempre de um idioma para outro, ou seja, os países só requisitam traduções juramentadas em suas línguas oficiais, o que faz com que não surjam necessidades desse tipo de tradução para línguas que não são consideradas idiomas.

Lembrando que para todas as necessidades, você pode contar com a Korn Traduções![:en]Você já ouviu falar em língua, idioma e dialeto? Provavelmente, sim.

Embora sejam, muitas vezes, utilizadas como sinônimas, essas três palavras possuem significados distintos, sendo importante conhecê-los.

Leia, abaixo, as principais diferenças entre os termos:

Língua

A língua é abrangente e pode ser entendida como uma ferramenta que permite o contato entre duas ou mais pessoas. É a partir da língua que se torna possível estabelecer uma comunicação. Além disso, é carregada de regras e valores culturais, que a homogeneízam e permitem o entendimento das mensagens trocadas.

 Idioma

Uma língua se torna idioma quando passa a ser falada, oficialmente, em determinado país, sendo utilizada para identificar uma nação. Entende-se, então, que para uma língua ser reconhecida como idioma, ela deve estar relacionada à existência de um Estado Político. O português é uma língua e é, também, um idioma, já que é oficial no Brasil, Portugal, Angola, entre outros países. É possível que um mesmo país tenha duas línguas consideradas idiomas, como é o caso do Canadá, onde, oficialmente, fala-se inglês e francês. Por outro lado, pode acontecer de uma língua ser falada em algumas regiões de determinado país, mas, por não ser reconhecida como oficial, não é considerada idioma. Como exemplo, podemos citar o basco, língua falada em partes da França e da Espanha.

 Dialeto

É considerado dialeto quando surgem significativas diferenças regionais em um mesmo idioma. Por exemplo, em diversas regiões do Brasil há particularidades no português que brasileiros de outras regiões podem desconhecer. É o que chamamos de variações linguísticas. Assim, de um mesmo idioma, podem surgir diversos dialetos.

Língua, idioma e dialeto
Língua, idioma e dialeto – embora sejam usadas como sinônimos, essas palavras possuem significados distintos.

E será que existe serviço de tradução para línguas que não são consideradas idiomas?

A tradução juramentada é requisitada por órgãos públicos, portanto, deve ser feita sempre de um idioma para outro, ou seja, os países só requisitam traduções juramentadas em suas línguas oficiais, o que faz com que não surjam necessidades desse tipo de tradução para línguas que não são consideradas idiomas.

Lembrando que para todas as necessidades, você pode contar com a Korn Traduções![:es]Você já ouviu falar em língua, idioma e dialeto? Provavelmente, sim.

Embora sejam, muitas vezes, utilizadas como sinônimas, essas três palavras possuem significados distintos, sendo importante conhecê-los.

Leia, abaixo, as principais diferenças entre os termos:

Língua

A língua é abrangente e pode ser entendida como uma ferramenta que permite o contato entre duas ou mais pessoas. É a partir da língua que se torna possível estabelecer uma comunicação. Além disso, é carregada de regras e valores culturais, que a homogeneízam e permitem o entendimento das mensagens trocadas.

 Idioma

Uma língua se torna idioma quando passa a ser falada, oficialmente, em determinado país, sendo utilizada para identificar uma nação. Entende-se, então, que para uma língua ser reconhecida como idioma, ela deve estar relacionada à existência de um Estado Político. O português é uma língua e é, também, um idioma, já que é oficial no Brasil, Portugal, Angola, entre outros países. É possível que um mesmo país tenha duas línguas consideradas idiomas, como é o caso do Canadá, onde, oficialmente, fala-se inglês e francês. Por outro lado, pode acontecer de uma língua ser falada em algumas regiões de determinado país, mas, por não ser reconhecida como oficial, não é considerada idioma. Como exemplo, podemos citar o basco, língua falada em partes da França e da Espanha.

 Dialeto

É considerado dialeto quando surgem significativas diferenças regionais em um mesmo idioma. Por exemplo, em diversas regiões do Brasil há particularidades no português que brasileiros de outras regiões podem desconhecer. É o que chamamos de variações linguísticas. Assim, de um mesmo idioma, podem surgir diversos dialetos.

Língua, idioma e dialeto
Língua, idioma e dialeto – embora sejam usadas como sinônimos, essas palavras possuem significados distintos.

E será que existe serviço de tradução para línguas que não são consideradas idiomas?

A tradução juramentada é requisitada por órgãos públicos, portanto, deve ser feita sempre de um idioma para outro, ou seja, os países só requisitam traduções juramentadas em suas línguas oficiais, o que faz com que não surjam necessidades desse tipo de tradução para línguas que não são consideradas idiomas.

Lembrando que para todas as necessidades, você pode contar com a Korn Traduções![:]

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
Korn Traduções

Korn Traduções

Últimos Posts

Siga

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

Este site usa cookies para garantir que você obtenha a melhor experiência em nosso site.