Idiomas da América do Sul: indo além do português e do espanhol

Idiomas da América do Sul - Por Korn Traduções

O Brasil é o maior país da América do Sul e tem o português como idioma nativo. Argentina, Peru, Colômbia e Bolívia também estão entre os maiores do continente. Todos os nativos desses países falam espanhol, assim como o Uruguai, o Chile e a Venezuela. Por conta disso, muitas pessoas pensam que na América do Sul há apenas dois idiomas nativos: o português e o espanhol.

Não é de se espantar, já que, entre nativos e habitantes, a grande maioria fala uma dessas duas línguas – são aproximadamente 210 milhões de pessoas que se comunicam em espanhol e 206 milhões que se comunicam em português.

Nativos sul-americanos que falam outros idiomas

Vale lembrar que, além dos idiomas citados acima, a América do Sul possui territórios onde o holandês (Suriname) e o francês (Guiana Francesa) são línguas nativas. Com isso, há aproximadamente 280.000 falantes de holandês e 231.000 falantes de francês no continente sul-americano.

Além disso, há outros 8 idiomas falados por nativos de países sul-americanos. As informações foram retiradas desse site e compartilhamos abaixo:

1. Quechua (Andes) – 8 milhões de falantes

2. Guarani (Paraguai e arredores) – 5 milhões de falantes

3. Aimara (Peru e Bolívia) – 2,5 milhões de falantes

4. Mapuche (Chile) – 500 mil falantes

5. Guajiro (Venezuela e Colômbia) – 200 mil falantes

6. Emberá (Colômbia) – 70 mil falantes

7. Paez (Colômbia) – 60 mil falantes

8. Ashaninca (Peru e Brasil) – 50 mil falantes

Habitantes sul-americanos que falam outros idiomas

Mas não são só as línguas nativas que dominam os países da América do Sul. Embora não haja nenhum país que tenha os idiomas inglês, alemão ou italiano como oficiais, há um considerável número de imigrantes nativos desses idiomas.

De acordo com o site Ethnologue, há cerca de 5,4 milhões de falantes da língua inglesa na América do Sul. A maioria está concentrada na Argentina e na Colômbia.

Já o Brasil concentra boa parte dos imigrantes alemães. Dos 2 milhões que vivem na América do Sul, 1,5 milhões estão em nosso país.

Em relação ao idioma italiano, dos 1,5 milhões de imigrantes, a maioria está na Argentina.

Também há nativos do árabe, chinês, ucraniano e japonês que, juntos, somam em torno de 2,5 milhões de imigrantes na América do Sul.

Assim, embora português e espanhol sejam os idiomas predominantes, há uma grande possibilidade de termos que nos comunicar com nativos e habitantes de outras línguas nos países sul-americanos.

E, se precisar de traduções para se comunicar com pessoas que não falam o seu idioma nativo, conte com a Korn Traduções. Realizamos traduções juramentadas, livres e técnicas, além de serviços de interpretação simultânea e consecutiva, legendagem e transcrição de áudio e vídeo.

[:]

Korn Traduções

Korn Traduções

Agilidade, Segurança e Qualidade. CONHEÇA NOSSO PROCESSO Anexe seus documentos e escolha o tipo de serviço que deseja.

Este site usa cookies para garantir que você obtenha a melhor experiência em nosso site.