Cringe: entenda a origem do termo e sua popularidade - Korn Traduções

BLOG DE TRADUÇÃO

Cringe: entenda a origem do termo e sua popularidade

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

Nas últimas semanas, o termo “cringe” tomou conta das redes sociais e portais de notícias. Mas, afinal, o que essa palavra significa? E por que ela se popularizou na internet? Confira neste post a origem deste anglicismo, seu significado e exemplos do seu uso no mundo jurídico.

No dicionário de Oxford, a palavra “cringe” em inglês é classificada como um verbo e significa “se sentir envergonhado” ou “desconfortável” com algo. Porém, o termo tem sido usado pelos brasileiros nas redes sociais como um adjetivo para se referir a algo vergonhoso.

Cringe: disputa de gerações

A popularização do termo “cringe” começou na internet por causa de uma disputa de gerações. Os jovens da geração Z, nascidos entre 1996 e 2010, começaram a apontar como vergonhosas algumas características comuns da geração Y (os “Millennials”, nascidos entre 1980 e 1995).

Para a geração Z, falar “boleto”, usar calça skinny e assistir aos filmes da saga Harry Potter são hábitos vergonhosos associados aos adultos da geração Y, que por sua vez, também se engajaram para mostrar o outro lado e apontar o que para eles é considerado “vergonha alheia” da outra geração.

A batalha entre as duas gerações é fácil de entender. Os hábitos de pessoas que nasceram quando a internet ainda surgia e daquelas que já cresceram “heavy users” da tecnologia certamente serão muito diferentes. A percepção sobre o que está ou não na moda é algo que se constrói a partir dos costumes que o tempo impõe.

Cringe no mundo jurídico

Até a advocacia entrou na brincadeira do “cringe”. O portal de notícias jurídicas “Migalhas” perguntou aos seus seguidores do Instagram o que seria vergonhoso neste universo.

Entre algumas das respostas, os internautas disseram que “usar latim”, “ir ao fórum tirar cópias do processo físico”, “imprimir o protocolo da petição”, “escrever ‘pasme excelência’ no processo” e “exigir ser chamado de doutor” são hábitos cringe, ou seja, vergonhosos, o famoso mico.

“Mesmo entre os tradutores jurídicos, nota-se forte preferência por determinados hábitos e comportamentos. Os tradutores juramentados, geralmente de uma geração anterior, utilizam termos mais tradicionais que seus colegas mais jovens”, afirma Célia Korn, tradutora juramentada e CEO da Korn Traduções.

Cringe: exemplo de anglicismo

 O anglicismo é todo termo ou expressão de origem inglesa introduzido em outra língua. É uma das formas de estrangeirismo na língua portuguesa.

Muitas vezes, essas palavras continuam sendo usadas no Brasil em inglês, com a grafia e pronúncia originais. Mas também há casos em que os termos passam por adaptações para ficarem mais condizentes com o idioma de destino, como o português.

Vamos conhecer mais alguns exemplos famosos, além do “cringe“, que são comumente usados no vocabulário da língua portuguesa?

 Anglicismo: 15 exemplos de palavras usadas no Brasil

  •  Air bag
  • Cookie
  • Delivery
  • Fast-food
  • Freezer
  • Home page
  • Internet
  • Ketchup
  • Light
  • Mouse
  • On-line
  • Play
  • Remix
  • Shopping center
  • Trailer

O que é cringe em inglês? O que significa ser muito cringe? O que é anglicismo e exemplos? O que significa ser anglicismo? Qual a diferença entre o estrangeirismo e anglicismo? Saiba tudo sobre o mundo da tradução com a Korn Traduções!

Para tradução juramentada ou livre, conte com a Korn Traduções.

Korn Traduções: a sua empresa de tradução, há 30 anos prestando serviços de tradução juramentada e livre. Somos uma das 10 principais empresas prestadoras de serviço linguístico da América Latina e Caribe (Common Sense Advisory/CSA Research). Solicite um orçamento.

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
Korn Traduções

Korn Traduções

Últimos Posts

Siga

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

Este site usa cookies para garantir que você obtenha a melhor experiência em nosso site.