É possível aprender um novo idioma em qualquer fase da vida?

Muitos anos de estudo, dedicação e, principalmente, prática, são necessários para alcançar a fluência em um novo idioma. Quando somos mais novos, nosso cérebro tem maior facilidade para absorver e gravar informações, o que significa que quanto mais jovens tivermos contato com um segundo idioma, maiores as chances de conquistarmos o domínio dessa língua.

Mas, quando não se teve a oportunidade de aprender um segundo idioma ainda criança, será que existe a possibilidade de ser tornar bilíngue, ou poliglota? Sim, é perfeitamente possível atingir a fluência em um idioma, mesmo que os estudos tenham começado na fase adulta. Entretanto, para isso, é necessária muita força de vontade.

Dicas para aprender um novo idioma

  1. Em tempos de tecnologia, substituir o idioma principal do seu celular, tablet e/ou computador é uma boa opção para que você fique em contato com a língua, além de aprender vocabulários básicos do dia a dia;
  2. Ao falar ou escrever, evite pensar em português e, depois, realizar a tradução: isso faz com que seu cérebro não adquira a naturalidade de pensar automaticamente no segundo idioma;
  3. Assistir seriados e filmes com legendas no idioma em que se está aprendendo é uma boa dica para criar familiaridade visual e sonora com a língua;
  4. Quando já estiver mais seguro com o idioma, retire a legenda dos seriados e filmes e se esforce para compreender a fala dos personagens: esse é um ótimo exercício para fazer com que seu cérebro se acostume com a sonoridade e significado das palavras;
  5. Ler é uma ótima opção para ganhar vocabulário e se acostumar com a gramática do novo idioma. Inicie com livros que você já tenha lido em português, assim, conhecendo a história, a compreensão na segunda língua fica mais fácil;
  6. Faça uma seleção das suas músicas preferidas, procure a letra na internet e ouça a música enquanto lê a letra: da mesma forma como em seriados e filmes, isso lhe trará familiaridade com a pronúncia e escrita das palavras.
  7. Por fim, faça contato com pessoas que conheçam a língua, ou também estão aprendendo. Deixe a timidez de lado, trabalhe a desenvoltura e converse no novo idioma!

E, se tiver oportunidade, programe-se para realizar um intercâmbio. Passar alguns meses em outro país é a melhor forma de se familiarizar com o idioma, aprender a cultura local, conhecer gírias e trocar experiências com pessoas de diversas partes do mundo que estão na mesma situação que você. Lembrando que, ao planejar para um intercâmbio, você precisará de serviços de tradução juramentada: para isso, conte com a Korn Traduções!

Ao aprender um novo idioma, evite o processo de pensar em português e realizar a tradução. O ideal é acostumar o cérebro a pensar automaticamente na segunda língua!

[:en]Muitos anos de estudo, dedicação e, principalmente, prática, são necessários para alcançar a fluência em um idioma. Quando somos mais novos, nosso cérebro tem maior facilidade para absorver e gravar informações, o que significa que quanto mais jovens tivermos contato com um segundo idioma, maiores as chances de conquistarmos o domínio dessa língua.

Mas, quando não se teve a oportunidade de aprender um segundo idioma ainda criança, será que existe a possibilidade de ser tornar bilíngue, ou poliglota? Sim, é perfeitamente possível atingir a fluência em um idioma, mesmo que os estudos tenham começado na fase adulta. Entretanto, para isso, é necessária muita força de vontade.

Dicas para aprender um novo idioma

  1. Em tempos de tecnologia, substituir o idioma principal do seu celular, tablet e/ou computador é uma boa opção para que você fique em contato com a língua, além de aprender vocabulários básicos do dia a dia;
  2. Ao falar ou escrever, evite pensar em português e, depois, realizar a tradução: isso faz com que seu cérebro não adquira a naturalidade de pensar automaticamente no segundo idioma;
  3. Assistir seriados e filmes com legendas no idioma em que se está aprendendo é uma boa dica para criar familiaridade visual e sonora com a língua;
  4. Quando já estiver mais seguro com o idioma, retire a legenda dos seriados e filmes e se esforce para compreender a fala dos personagens: esse é um ótimo exercício para fazer com que seu cérebro se acostume com a sonoridade e significado das palavras;
  5. Ler é uma ótima opção para ganhar vocabulário e se acostumar com a gramática do novo idioma. Inicie com livros que você já tenha lido em português, assim, conhecendo a história, a compreensão na segunda língua fica mais fácil;
  6. Faça uma seleção das suas músicas preferidas, procure a letra na internet e ouça a música enquanto lê a letra: da mesma forma como em seriados e filmes, isso lhe trará familiaridade com a pronúncia e escrita das palavras.
  7. Por fim, faça contato com pessoas que conheçam a língua, ou também estão aprendendo. Deixe a timidez de lado, trabalhe a desenvoltura e converse no novo idioma!

E, se tiver oportunidade, programe-se para realizar um intercâmbio. Passar alguns meses em outro país é a melhor forma de se familiarizar com o idioma, aprender a cultura local, conhecer gírias e trocar experiências com pessoas de diversas partes do mundo que estão na mesma situação que você. Lembrando que, ao planejar para um intercâmbio, você precisará de serviços de tradução juramentada: para isso, conte com a Korn Traduções!

Ao aprender um novo idioma, evite o processo de pensar em português e realizar a tradução. O ideal é acostumar o cérebro a pensar automaticamente na segunda língua!

[:es]Muitos anos de estudo, dedicação e, principalmente, prática, são necessários para alcançar a fluência em um idioma. Quando somos mais novos, nosso cérebro tem maior facilidade para absorver e gravar informações, o que significa que quanto mais jovens tivermos contato com um segundo idioma, maiores as chances de conquistarmos o domínio dessa língua.

Mas, quando não se teve a oportunidade de aprender um segundo idioma ainda criança, será que existe a possibilidade de ser tornar bilíngue, ou poliglota? Sim, é perfeitamente possível atingir a fluência em um idioma, mesmo que os estudos tenham começado na fase adulta. Entretanto, para isso, é necessária muita força de vontade.

Dicas para aprender um novo idioma

  1. Em tempos de tecnologia, substituir o idioma principal do seu celular, tablet e/ou computador é uma boa opção para que você fique em contato com a língua, além de aprender vocabulários básicos do dia a dia;
  2. Ao falar ou escrever, evite pensar em português e, depois, realizar a tradução: isso faz com que seu cérebro não adquira a naturalidade de pensar automaticamente no segundo idioma;
  3. Assistir seriados e filmes com legendas no idioma em que se está aprendendo é uma boa dica para criar familiaridade visual e sonora com a língua;
  4. Quando já estiver mais seguro com o idioma, retire a legenda dos seriados e filmes e se esforce para compreender a fala dos personagens: esse é um ótimo exercício para fazer com que seu cérebro se acostume com a sonoridade e significado das palavras;
  5. Ler é uma ótima opção para ganhar vocabulário e se acostumar com a gramática do novo idioma. Inicie com livros que você já tenha lido em português, assim, conhecendo a história, a compreensão na segunda língua fica mais fácil;
  6. Faça uma seleção das suas músicas preferidas, procure a letra na internet e ouça a música enquanto lê a letra: da mesma forma como em seriados e filmes, isso lhe trará familiaridade com a pronúncia e escrita das palavras.
  7. Por fim, faça contato com pessoas que conheçam a língua, ou também estão aprendendo. Deixe a timidez de lado, trabalhe a desenvoltura e converse no novo idioma!

E, se tiver oportunidade, programe-se para realizar um intercâmbio. Passar alguns meses em outro país é a melhor forma de se familiarizar com o idioma, aprender a cultura local, conhecer gírias e trocar experiências com pessoas de diversas partes do mundo que estão na mesma situação que você. Lembrando que, ao planejar para um intercâmbio, você precisará de serviços de tradução juramentada: para isso, conte com a Korn Traduções!

Ao aprender um novo idioma, evite o processo de pensar em português e realizar a tradução. O ideal é acostumar o cérebro a pensar automaticamente na segunda língua!

[:]

Korn Traduções

Korn Traduções

Agilidade, Segurança e Qualidade. CONHEÇA NOSSO PROCESSO Anexe seus documentos e escolha o tipo de serviço que deseja.

Este site usa cookies para garantir que você obtenha a melhor experiência em nosso site.